Óleo Térmico Beijável Sabor Manjar Branco - Over Me Azucar

  • PROMO 71%

Óleo Térmico Beijável Sabor Manjar Branco - Over Me Azucar

Mais Imagens

Óleo Térmico Beijável Sabor Manjar Branco - Over Me Azucar

Disponível: Sem estoque
Óleo com aquecimento sabor manjar branco. Sublime! Over Me Azucar.

De: R$50,00

Preço Promocional R$14,30

ou 2x de R$7,15 sem juros

R$13,59 no boleto bancário (-5%)

SSL

Entrega com motoboy em até 4 horas* *somente São Paulo capital
Compartilhe

Óleo com aquecimento e sabor de manjar branco. Um sabor que remete a deliciosas lembranças, deixe seu par com saudades de você o tempo todo! Deite-se e deixe sua imaginação fluir.

O aroma de manjar branco dá um toque especial às suas carícias e vão aquecer sua pele a cada toque. Uso externo. Mantenha fora do alcance das crianças e ao abrigo da luz e calor excessivo.

Em caso de contato com os olhos, enxague-os com água em abundância. Não usar se a pele estiver irritada ou lesionada. Em caso de irritação suspenda o uso.

 

Informação Adicional

Ref produto AZ1002
Cor Transparente
Energia Não
Material Não
Funções Massagear e excitar.
Modo Uso Colocar a quantidade desejada na ponta dos dedos e aplicar no local, massageando delicadamente. Pode ser utilizado nas partes íntimas. É comestível. Aproveite e assopre para potencializar o efeito. Faça uma nova aplicação sempre que desejar.
Lubrificantes Utilize produtos à base de água
Validade julho/2018
Veja mais

Conheça mais produtos na nossa categoria: Beijáveis

Peso (Kg) 0.0115
Altura produto (cm) 15
Largura produto (cm) 3
Comprimento produto (cm) 3
Diâmetro produto (cm) 3
Penetráveis (cm) Não
Tamanho Produto Livre 50 ml

Queremos saber sua opinião

Produto: Óleo Térmico Beijável Sabor Manjar Branco - Over Me Azucar

Como você avalia este produto? *

Avaliação 1 estrela 2 estrelas 3 estrelas 4 estrelas 5 estrelas
Qualidade
Preço

Comentários do Cliente

maravilhoso Comentado por gisele sampaio
Preço
Qualidade
um dos melhores óleos de sexo oral que eu ja experimentei, da vontade de comer de colher . kkk (Enviado em 11/01/2018)

Quem viu, viu também